“ Conforme Manley P. Hall escreve em seu livro Unseen Forces, “os quatro elementos são a base dos quatro elementos materiais físicos – terra, fogo, ar e água – assim como também são a vida que há por trás deles”. No texto anterior vimos o elemento Fogo, agora, vamos conhecer o elemento Terra:

 

TERRA:

Qualidade: É o mundo das formas; o contato com os sentidos físicos e com a realidade do aqui – e – agora;
Está ligado ao raciocínio prático, a paciência e autodisciplina, impulsionando a materialização das ideias.
A consciência é enraizada no mundo material e nas preocupações com a sobrevivência e com a produção. É capaz de ajudar a manter a vida através da utilização e do domínio dos processos naturais.
A motivação está nas necessidades materiais.
Há necessidade de assumir deveres e obrigações materiais através das realizações práticas. É o agir – manifestar.

Força: A força do elemento pulsa na terra fértil, nas cerâmicas, nas pedras e nas montanhas. Também é traduzida pelas formas quadradas e massudas e pelos tons que se originam da terra: amarelo, marrom, bege, alaranjado/terracota (com menos vermelho e mais amarelo) e em todas as tintas naturais, feitas com argila e seus tons.

Cura do espaço: Os ambientes podem ser estruturados e organizados. É uma decoração acolhedora e estável que assenta a energia, potencializando o centramento.
A decoração pede a presença do elemento, cuja força está citada no item acima.

Cura pessoal: mexer na terra, trabalhar com argila, fazer tratamentos com elas. Usar tons de marrom, amarelo, bege e alaranjado mais fechado (terracota).