A escolha de cores, a decoração,

a presença de elementos naturais apropriados

àquele local e à pessoa que o ocupa

complementam a harmonia do ambiente.

 

Para uma boa noite de sono é indispensável estar em um ambiente propício ao descanso.  Segundo a prática de Feng Shui, cada um possui quatro direções mais indicadas para posicionar a cabeceira de sua cama. O intuito é captar melhor o fluxo da energia vital, respeitando as características individuais. A indicação pessoal se dá conforme a data de nascimento e o sexo.

Cada direção possui uma qualidade, das quais quatro são positivas, portanto, indicadas para o direcionamento de mobiliários como fogão, cama, escrivaninha, poltronas, etc.

  • Uma delas está relacionada à prosperidade e ação. É energizante. Muito boa para direcionar mobiliários de trabalho e estudos.
  • Outra é vinculada à saúde e benéfica para o dinheiro. Direção que clareia a mente. Indicada para gerentes, estudantes e quem está com a saúde frágil.
  • A terceira traz o enfoque da boa vontade e tolerância. Indicada para promover bons relacionamentos. É uma direção para trabalhar e dormir com harmonia.
  • Por fim, tem a da proteção e autoconfiança. Indicada para a tomada de decisões, estudo, meditação e trabalhos que envolvem pensamento e expressão.
  • As direções negativas falam de perdas de oportunidades; discórdia e tensão; fracassos e abandonos; acidentes.

Segundo a radiestesia, dormir com a cabeceira para a direção do norte magnético é muito adequado porque nos harmoniza com o campo magnético da Terra.

 

Dicas para uma boa noite de sono

Além da direção da cama, também devemos compreender o quarto como um todo. Algumas regrinhas devem ser observadas, mas nada é mais importante do que o bom senso. Ou seja, a pessoa deve se sentir bem, confortável e segura no momento de descanso.

  • A cabeceira deve ter uma parede fechada/forte atrás, trazendo a sensação de apoio e segurança (cabeceiras embaixo de janelas não são indicadas, inclusive porque podem deixar a pessoa mais suscetível a resfriados).
  • A cama não deve ficar na direção da porta, evitando a sensação de invasão e, consequentemente, de alerta, que dificulta uma boa noite de sono.
  • A cama não deve ficar no meio de uma passagem de ar mais forte, entre janela e porta (imaginem um vento entrando no quarto, circulando da janela para a porta e vice-versa).
  • A pessoa que dorme deve ficar em local resguardado, tendo a sensação de segurança (apoio nas costas e livre visualização sobre quem entra no quarto, sem estar muito exposta para quem chega).
  • Nenhum espelho deve refletir quem dorme (acredita-se que ao se “desdobrar” durante a noite, a pessoa pode se assustar e voltar ao corpo de forma rápida, tendo um sono mais tenso).

 

Enfim, são vários itens, e nem sempre conseguimos atender a todos, portanto, é preciso desenvolver a sensibilidade. Para dormir bem, precisamos de silêncio, de proteção, de tranquilidade… Tudo que pode vir a enfraquecer esses pontos é um complicador.

A escolha de cores, a decoração, a presença de elementos naturais apropriados àquele local e à pessoa que o ocupa complementam a harmonia do ambiente.

Um bom trabalho de radiestesia pode, também, detectar algumas interferências no subsolo prejudiciais à restauração de energia e ao descanso. Cursos d’água e falhas geológicas, entre outros, podem ser responsáveis pela baixa vitalidade local e contribuir para o enfraquecimento da saúde pessoal.

 

Outros itens aos quais devemos estar atentos

  • Equipamentos como televisão, computador, rádio-relógio, celular e telefone sem fio devem ficar fora do dormitório (área de descanso e recuperação de energia).
  • É preciso ter cuidado com a fiação elétrica em excesso, principalmente quando passa na parede da cabeceira da cama.
  • Evitar encostar a cabeceira da cama em paredes que têm tubulação de água, principalmente a da descarga do vaso sanitário.

 

Algumas dessas dicas exigem um olhar mais profissional para o ambiente e suas características, pois integram informações vibracionais em sintonia com os seus ocupantes, enquanto que outras são bem simples e podem ser utilizadas desde já. Então, mãos à obra! Observe seu quarto e faça adequações que potencializem o descanso e a revitalização, tão importantes na manutenção da saúde física, psíquica e espiritual! E tenha uma boa noite de sono!

 

© Todos os direitos da foto My sleeping beauty, que ilustra este post, são reservados nnia.